You are currently viewing A Urgência Missionária

A Urgência Missionária

  • Post author:
  • Post category:Devocional
Pr. Calebi Almeida
Pr. Calebi Almeida
TIB Ji-Paraná

Portanto, vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo o que eu ordenei a vocês. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos”.

Mateus 28:19-20

Crenças, ideologias e o marketing multinível tem uma coisa em comum: quem participa quer que outros participem também. Entretanto, aparentemente (digo aparentemente para que cada um reflita sobre si mesmo), para os cristãos até há ainda uma vontade de ver mais pessoas convertidas, mas estamos sempre esperando os outros (pastor e líderes da igreja) agirem.

Missões estaduais é urgente justamente para que Rondônia continue sendo um dos estados mais cristãos do Brasil, não só em número, mas, principalmente, em maturidade desses cristãos.

É muito comum acomodarmos em tempos de facilidade, liberdade e comodidade e, apesar da pandemia, ainda vivemos, do ponto de vista religioso, com facilidade e liberdade em Rondônia, além da comodidade de assistir cultos e shows gospel online.

Outra razão da urgência de missões estaduais é que assim como a morte física de cada pessoa importa, e é sim motivo de lamento, viver sem Cristo é pior – morrer sem Ele é também motivo de grande lamento.

Veja que quando uma família cristã perde um ente querido que faleceu sem aceitar Cristo como seu Salvador a família sofre muito pela perda da presença física da pessoa e sofre ainda mais pelo destino eterno dessa pessoa. Enquanto que no caso inverso, de uma família cristã que perde um ente querido cristão, a família também sofre a perda da presença física da pessoa, mas se sente consolada com a salvação da mesma em Cristo.

Assim, nessa época de missões estaduais e de muita reflexão sobre a morte e o valor da vida, te convido a orar por seus amigos e parentes que ainda não aceitaram Cristo em suas vidas. Faça deles alvo de evangelismo orando não só pela conversão, mas se colocando diante de Deus como instrumento para alcançar essas pessoas.

Nosso campo missionário é diferente e estratégias muito boas no passado como entrega de panfleto pode não funcionar tão bem hoje. Acredito que o evangelismo pessoal através do testemunho/hábitos de vida e a célula abrindo casas para receber pessoas próximas, e criar relacionamento, sejam boas estratégias para os tempos atuais.

Esse testemunho se aplica nas redes sociais também. Esteja atento ao conteúdo que você consome e pública na Internet.

Ser cristão é viver em novidade de vida e a alegria de ser transformado por Cristo, penso eu, é motivo mais do que suficiente para querer que seus amigos, parentes, conhecidos e colegas sejam alcançados e transformados pelo amor de Cristo também.

Faça discípulos.

Viva o evangelho o tempo todo e quando tiver oportunidade pregue, fale, evangelize.

Pr. Calebi Almeida
Terceira Igreja Batista de Ji-Paraná