Dia dos Pais

Dia dos Pais

Pr. Sérgio Condack

Neste domingo, 09/08/2020, teremos uma belíssima oportunidade de obedecermos a Palavra de Deus que nos diz: “Honra teu pai e tua mãe, este é o primeiro mandamento com promessa…” (Ef 6:2-NVI). Mesmo a promessa sendo para nosso bem: “para que tudo te corra bem e tenhas longa vida sobre a terra” (Ef 6:3-NVI), muitos têm falhado no quesito valorização da pessoa de seu pai.

Para dar uma melhor compreensão de nossa responsabilidade como filhos, o apóstolo Paulo nos adverte: “Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isso é justo” (Ef 6:1-NVI). Interessante que, diferente dos animais, os humanos nascem e vivem anos na inteira dependência dos pais para sua subsistência. Não é por acaso que a Palavra de Deus nos diz que devemos tratar nossos pais com honra, pois essa é a única conduta justa, diante de tanto que eles nos fizeram, enquanto não podíamos cuidar de nós mesmos.

Temos vivido tempos difíceis (II Tm 3:1-5), onde a figura de pai esta em desuso, e quando se usa, aplicasse as mais diversas figuras anti-bíblicas para representá-lo. Cabe-nos, como cristãos, que são fiéis aquele que é Senhor de nossas vidas (Jo 14:23,24), não só comemorarmos com gratidão em nossos corações o dia dos pais, como também divulgar da melhor forma possível, o dia em nossa história que destacamos para homenagear aqueles que são líderes, sacerdotes e cabeças dos lares (Ef 5:22-27), demonstrando seu importante papel em meio as famílias de nossa geração.

A igreja de Cristo tem um importante papel nas celebrações das festividades que fazem menção daquilo que Deus estabelece em Sua Palavra, a bíblia. Comemorar o dia dos pais, não esta estabelecido literalmente na Bíblia, mas ela fala desse importante personagem para estabilização do bom funcionamento de uma família. E como Deus estabeleceu em Sua Palavra algumas festividades, para fazer Israel se lembrar de marcos histórico em sua vida como nação, assim também, cabe a igreja de Cristo hoje dar o devido valor aquelas comemorações que firmam na mente das pessoas a importância da figura paterna estabelecida na Palavra de Deus.

Talvez, como eu, neste domingo você honrará seu pai de forma póstuma. Mas se você tem a oportunidade de honrá-lo em vida, não perca tempo. Vá até ele. Diga-lhe que você o ama. Abrace. Beije. Tome a bênção de seu pai. Presenteio como seu melhor hoje, pois não sabemos o que o amanhã nos trará (Pv 27:1).

Tornamo-nos mais conscientes desse importante papel, quando também temos a honra de sermos pais de um filho ou uma filha. Pena que muitos têm deixado passar as mais preciosas oportunidades e somente quando já não as tem mais é que se disponibilizam a fazer aquilo que não é mais possível.

Se tudo o que conversamos não te incentivou valorizar melhor o dia dos pais, espero que a própria história do dia dos pais o faça. Pois no Brasil, o segundo domingo de agosto é quando a maioria das famílias se reúne para, em um gesto de carinho, presentear os patriarcas. Mas, ao contrário do que muitos afirmam, o dia dos Pais não foi criado apenas para estimular o comércio.

De acordo com as professoras Fernanda Braga Chaveiro de Assis e Leia Almeida da Silva Costa, a data surgiu mesmo para homenagear os pais. Fernanda explica que, em 1909, uma menina americana chamada Sonora Louise Dodd resolveu criar a data em Washington, nos Estados Unidos, para mostrar a seu pai, John Bruce Dodd, que ela tinha orgulho de sua superação. Ele havia perdido a esposa em 1898, que faleceu ao dar à luz o sexto filho. John criou todos os filhos sozinho, sendo sempre carinhoso e responsável, o que motivou Sonora.

A menina escolheu o dia do aniversário do pai, 19 de junho, como a data comemorativa. Em 1924, o presidente Calvin Coolidge apoiou a ideia nacionalmente. Mas foi só em 1966 que o então presidente Lyndon Johnson oficializou o terceiro domingo de junho como Dia dos Pais nos Estados Unidos.

Aqui no Brasil, a data é festejada desde 1953, quando o publicitário Sylvio Bhering importou a ideia. De acordo com a professora Leia, o primeiro Dia dos Pais brasileiro foi comemorado no dia 14 de agosto, coincidindo com o aniversário de São Joaquim, considerado o patriarca da família. Desde então, oficializou-se homenagear os pais no segundo domingo de agosto.

Minha oração é que seu segundo domingo de agosto seja um tempo de alegria, reflexão e ótimas recordações de momentos preciosos vividos juntos a seu pai. Feliz dia dos pais!

Que o Senhor os abençoe e os guarde

Números 6:24

Pr. Sérgio Condack
Igreja Batista Boas Novas aos Homens (BNH)