You are currently viewing Estratégias De Evangelismo Com Jovens

Estratégias De Evangelismo Com Jovens

  • Post author:
  • Post category:Artigos
Andrei Junior
JUBASUDESTE

Para delinear a relação existente entre missões estaduais e juventude é necessário, antes de tudo, verificar a origem e o significado do próprio termo “missões” sendo, também, fundamental que se padronize o jovem atual para delimitar estratégias que o conduza à prática do evangelismo. Ao final deste artigo haverá um breve relato do trabalho que a liderança da juventude da região sudeste de Rondônia tem desenvolvido a respeito do assunto.

1. Missões

De acordo com Boyer (2016, p. 363), missões nada mais é do que uma incumbência, um encargo; em outras palavras é um dever, uma responsabilidade entregue a alguém.  Em Marcos 16:15 Jesus disse “Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura”; essa fala caracteriza a grande comissão da igreja: fazer missões. Salienta-se que esse compromisso deixado por Jesus é para todo aquele que o aceitou como único e suficiente salvador da sua vida.

Atualmente a Convenção Batista, de forma a se organizar para exercer missões, criou organizações missionárias conhecidas como juntas de missões mundiais, nacionais e estaduais por meio de quatro grandes formas de envolvimento: orar, ofertar, mobilizar, e ir ao campo missionário. Vale ressaltar que a Convenção Batista Brasileira fez um calendário para dividir as campanhas de missões em que março é o mês de missões mundiais, julho o mês de missões estaduais e setembro o mês de missões nacionais.

2. O jovem de hoje

O Estatuto da Juventude (Lei nº 12.852/2013) descreve que jovens são as pessoas com idade entre 15 a 29 anos, ocorre que nas idades mencionadas pode-se verificar a existência de necessidades totalmente diferentes já que um adolescente de 15 anos possui objetivos totalmente distintos de um jovem de 29 anos.

Diferentemente de alguns anos atrás, em que as informações corriam de forma lenta e para apenas uma pequena parcela da população, hoje vive-se em um período marcado pela agilidade em que as notícias percorrem o mundo em questão de segundos, e a juventude segue o mesmo padrão de querer tudo de forma rápida e até mesmo precoce, com isso a ansiedade e a paciência parecem não se conectar.

As igrejas e seus líderes precisam se equipar e se preparar para alcançar essa juventude imediatista de forma a levar o evangelho por meio de estratégias firmadas nos princípios bíblicos que possam corresponder as indagações do jovem atual.

3. Estratégias

Durante anos foi incutida a ideia de que a grande comissão é obrigação exclusiva de líderes e pastores que, infelizmente, induziu muitos jovens a não se sentirem responsáveis pela disseminação do evangelho. O primeiro desafio é, então, ensinar os jovens que eles são representantes do Reino de Deus, sendo necessário estimular e influenciar a juventude a perceber seu papel missionário para que haja o crescimento do Reino de Deus.

Para evangelizar os jovens nos dias atuais a liderança precisa, no mínimo, falar a mesma linguagem que eles, ou seja, um líder mais velho precisa aprender a pensar como um jovem deste tempo afim de introduzir a palavra. É preciso chamar a atenção dessa juventude tão tecnológica por meio das ferramentas digitais, como as redes sociais, e criar relacionamentos.

Os líderes, bem como os demais jovens, devem entender a importância do desenvolvimento de relacionamentos intencionais para atingir jovens não crentes, já que todas as estratégias precisam ser executadas para atingir este propósito de desenvolver amizades, afinal o jovem só fica onde ele cria vínculos.

No geral não se existe uma estratégia ou método que substitua a forma bíblica de levar as escrituras para os corações, nada substitui o ide. O principal objetivo é fazer com que o jovem cristão perceba a sua grande incumbência de ser um missionário que ecoa pelo mundo a voz do céu que existe dentro dele, independentemente de sua área de formação profissional ou de onde ele esteja inserido.

4. Experiência da JUBASUDESTE

A Juventude Batista da Região Sudeste de Rondônia – JUBASUDESTE é um departamento da Associação das Igrejas Batistas da Região Sudeste de Rondônia – AIBASUDESTE que se começou a se desenvolver a partir de 2013. Dentre todas as programações da JUBASUDESTE pode-se destacar o Desafio Radical, InterJubas, CONJUBASUDESTES e a Conferência O DNA da Igreja do Futuro.

O Desafio Radical existe desde 2013 e tinha o propósito inicial de atingir apenas os participantes do evento alertando-os para os desafios da vida cristã, mas a partir da terceira edição a liderança estendeu sua finalidade para abençoar também a comunidade externa por meio de ações sociais demonstrando aos participantes a importância de se impactar vidas. Na edição de 2017, em Nova Brasilândia D’Oeste, os jovens e adolescentes “radicais” reformaram a praça municipal; um morador do município se emocionou ao saber que a juventude realizava um serviço voluntário, essa atitude e outras evidenciaram o retorno extremamente positivo da comunidade. Já no ano de 2018, houve a arrecadamento e distribuição de cestas básicas para famílias carentes de Cacoal que aceitaram receber um estudo bíblico em suas casas.

O InterJuba foi iniciado em 2017 com o objetivo de unir as juventudes das igrejas batistas da região através de intercâmbios que ocorrem a cada dois ou três meses. O CONJUBASUDESTE é o congresso que a JUBASUDESTE organiza de dois em dois anos para unir, abençoar e espalhar a Palavra de Deus a todos os seus participantes.

A Conferência O DNA da Igreja do Futuro ocorreu em 2018 com o intuito de difundir a importância da Igreja de Cristo estar disposta a servir em qualquer situação. Ao final do evento foi proposto a cada participante o desafio de implantar a cultura do voluntariado em suas igrejas. Em Nova Estrela, eu me tornei o líder dos voluntários e hoje é possível perceber que houve uma diminuição visível no tratamento entre as diferentes faixas etárias, além de fazer com que a igreja seja reconhecida como uma comunidade acolhedora.

Meu desejo, como servo de Deus, é que neste novo tempo a juventude, bem como toda a igreja, seja uma instituição missionária que leve as boas novas a todas as pessoas. Deus te abençoe!


REFERÊNCIAS

  • BOYER, Orlando Spencer. Pequena Enciclopédia Bíblica. Rio de Janeiro: CPAD, 2016.
  • BRASIL. Lei nº 12.852, de 5 de agosto de 2013. Institui o Estatuto da Juventude e dispõe sobre os direitos dos jovens, os princípios e diretrizes das políticas públicas de juventude e o Sistema Nacional de Juventude – SINAJUVE. Brasília, DF: Presidência da República, [2013]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2013/Lei/L12852.htm. Acesso em: 30 jun. 2020.
  • CARLO, Jean. Voz do céu na cidade. Rio de Janeiro: Agência Juventude e Sociedade, 2017.
  • SAGRADA, BÍBLIA. A grande comissão. Tradução Almeida Século XXI. São Paulo: Vida Nova, 2010.